A Coroa Gostosa!!!

Me chamo Carlos. Trabalho por minha conta, sou bombeiro hidráulico, não escondo minha profissão pois é dela que tenho todas as minhas conquistas. Tenho muitos clientes e eles estão sempre me indicando para novas pessoas. E semana passada um desses clientes da Cátia me ligou e disse que me indicou para uma amiga dizendo que ela entraria em contato comigo no sábado e recebo uma ligação.
Eu: alô
Cliente: oi bom dia, sou a Paula amiga da Cátia ela me passou seu contato.
Eu: sim, ela falou comigo, o que deseja?
Paula: estou com uma hidráulica para fazer, pode vim olhar e me dar o orçamento?
Eu: claro, quando seria?
Paula: Estou em casa se quiser pode ser hoje mesmo.
Eu: ok, vou me organizar e estou indo, me passa o endereço pelo zap.
Paula: tudo bem, te aguardo então. Tchau
Eu: daqui a 1hr estou chegando aí, tchau

Paula tinha voz dengosa no telefone fiquei pensando como ela seria aquela voz me deu um tesão na hora, não demorou muito Paula manda msg com endereço, eu de curiosidade clico na foto e me deparo com uma mulher branca cabelos curtos acima do ombro, aparentando ter uns 45 anos, o local da foto parecia ser a Quinta da Boa Vista, estava com short e camiseta, roupa bem propícia pro lugar. Então tomei um banho, peguei as coisas que precisava e fui pra casa da Paula fazer o orçamento, quando chego ligo pra Paula dizendo que estou no portão ela vem receber. Paula além de bonita é muito simpática atenciosa com uma voz mansa dengosa que me deu um tesão, nos apresentamos com beijo no rosto Paula usava um perfume suave meu pau logo deu sinal de vida já imaginei mil coisas com aquela mulher. Entramos e ela foi me mostrar o que queria fazer, fomos conversando reparei que estava sozinha em casa, depois de me mostrar tudo dei o orçamento ela aceitou fiz a lista de material ela falou que já iria sair pra comprar e que eu poderia começar na segunda feira e assim combinamos. Mas fiquei curioso em saber se era casada em momento algum não tocou em nome de marido, eu como não sou bobo joguei a isca, perguntei se o marido estaria em casa pra me receber na segunda feira, Paula riu e disse que ela tbm era o homem da casa, rimos e ela disser que estaria em casa que estava de férias do trabalho nos despedimos e combinamos que retornaria na segunda feira.

O fds passou e na segunda feira lá fui eu começar o serviço, cheguei na casa da Paula ela estava com um vestido solto aqui no RJ está muito quente e fui trocar de roupa, comecei o serviço Paula sempre próximo conversando ela com aquela voz dengosa eu já imaginava ela gemendo meu pau duro feito uma rocha reparei que estava sozinha em casa o dia foi se passando e Paula me confessou que mora sozinha que tem um casal de filhos mais são casados e só vem de visita, no final do dia Já apreciamos que nos conhecíamos a tempo estávamos mais íntimos eu já soltava palavras em duplo sentido Paula com sua experiência entendia e entrava na brincadeira e riamos, notei que que sempre me olhava com malícia e assim acabou o dia, Paula falou que eu podia tomar banho em seu banheiro tomei banho e fui embora, marcamos as 8 do dia seguinte a felizarda terça feira. Cheguei no horário combinado Paula estava com a mesa de café me esperando falei que não precisava mais fez questão que sentasse com ela assim fiz, tomamos café e fui trabalhar, o dia foi se passando Paula sempre que podia estava perto de mim conversando, já era quase 18:00hrs perguntei se tinha problema de ir até um pouco mais tarde ela disse que não. Como já tinha um pouco de intimidade perguntei porque estava sozinha, uma mulher bonita como ela, me confessou que o ex marido a traiu e estava sozinha a dois anos e começou a desabafar já tínhamos trocados uns olhares maliciosos a percebi que estava carente dei uma investida a elogiando com coisa que toda mulher gosta de ouvir, o clima esquentou vi ela começar a suar tenho certeza que era tesão já era 20:00 hrs ela falou que ia tomar um banho.

Juntei as ferramentas, limpei a sujeira que tinha feito, Paula me sai do banho com os cabelos molhados com um pijama de dormir cheirosa e reparei que estava sem calcinha meu pau latejou na hora elogiei dizendo que estava cheirosa e linda ela deu uma risada maliciosa, percebi que poderia rolar algo. Falei que já estava na minha hora e fui tomar banha pra ir embora, quando sair Paula estava sentada vendo TV quando me viu se levantou e conversamos sobre o serviço, elogiei mais uma vez, fui mais além que desperdício uma mulher dessa sozinha ela me chamou de bobo com aquela voz manhosa, perguntei se ela era manhosa pra tudo ela disse oque seria tudo já na maldade, eu falei em tudo que ela fazia ela entendeu a minha pergunta e riu. Não perdi tempo e fui pra cima agarrei pela cintura a beijei ela se arrepiou toda levei ela pro sofá fui beijando seu pescoço ela louca, tirou minha camisa me arranhando puxei a alça da camiseta liberando seus peitos lindos com bicos pequenos, cair de boca ela gemia manhosa tirei sua camiseta fui beijando seu corpo tirei o short e confirmei que estava sem calcinha, que buceta linda toda depilada.
Levantei suas pernas e fui beijando cada centímetro daquela buceta cheirosa, Paula se contorcia de tesão, quando meti a língua ela deu um grito AIIIIII QUE GOSTOSO QUANTO TEMPO NÃO SINTO UMA LÍNGUA.

Fui sugando todo seu mel Paula não parava de rebolar não demorou muito ela gozou na minha língua, parecia que estava em outro mundo, como aquela mulher gemia gostoso. Paula foi voltando a si e me olhou me confessando que não gozava daquele jeito a muito tempo.
Não deixe falar muito já fui beijando ela novamente tirei minha bermuda ficando só de sunga, fiquei em pé na sua frente Paula puxa minha sunga liberando minha rola ” nossa que rola linda” não fez cerimônia e começou um boquete chupou, lambeu, mordeu, deixou bem babado. Me posicionei entre suas pernas e dei uma pincelada naquela buceta Paula se tremia toda.
Fui castigando ela com pinceladas e chapadas e sua buceta até que ela me implora. CARLOS ME FODE QUERO SENTIR VC DENTRO DE MIM. Dei mais uma linguada e fui forçando em sua buceta fui empurrando Paula gemendo se contorcendo coloquei tudo e fiquei parado o tesão dela era tanto que virava os olhos. Comecei o movimento de vai e vem devagar logo já socava com mais força, Paula gritava, gemia me arranhava logo veio o segundo orgasmo, sua lubrificação era muito farta às vezes dava a rola pra ela chupar ”
TOMA SENTE SEU GOSTO SUA PUTA MANHOSA. Paula soria, VAI SEU PUTO ME FODE QUE EU TO MUITO TEMPO SEM ROLA. Coloque ela de 4 no braço do sofá e meti com força dando leves tapas em sua bunda, ela gritava CASTIGA SUA CLIENTE, BATE MAIS, minha rola estava muito molhada tirei da buceta é esfreguei em seu cuzinho Paula se arrepiou toda, NÃO CARLOS AÍ NÃO, TO MUITO TEMPO SEM SEXO. Dei uma lambida em seu cuzinho Paula se tremeu toda apontei minha rola de dei uma leve forçada só pra ela sentir a pressão, ela deu um grito, AI CARLOS GOSTO MUITO DE DAR O CU MAIS TO COM MEDO. Eu que não sou bobo e com a experiência que tenho só instiguei, sabia que não iria ser só aquela vez, e não queria que ela desistisse.

Então me sentei no sofá e puxei ela pra cima de mim, ela sentou engolindo minha rola toda com sua buceta, começou a cavalgar fui brincando com o dedo no seu cuzinho a beijando chupando seus peitos Paula anunciou que iria gozar a incentivei a cavalgar mais rápido logo estava gozando mordendo meu ombro e relaxando o corpo em cima de mim. Segurei pela cintura e comecei a foder de baixo pra cima sentir sua buceta sensível e anunciei que iria gozar. Goza seu puto me enche com sua porra, dei mais umas sacadas e enchi aquela buceta linda com muita porra.
E ali ficamos fazendo carinho um no outro sem falar nada curtindo o momento, depois de um tempo nos levantamos e fomos tomar banho juntos. Paula não queria me deixar ir embora, mas fui para deixá-la com saudade e o gostinho do quero mais.

Outros contos...

Comentários (0)

Somente assinantes podem deixar comentários!

Assine ou faça login para poder comentar.
21
Atrações
149
HQs
586
Vídeos
5099
Fotos
155
Atrizes
...