Levando Chifre da Minha Esposa

Ouça este conto erótico narrado:

Disponível apenas para assinantes! Assine Já

Oi, o que passa a relatar, é verídico, aconteceu na semana passada e ainda estou meio tonto. Tive que ir a Natal/RN a trabalho, onde lá passei umas duas semanas. Nessa viagem fui com a minha esposa, que como eu saia para trabalhar todos os dias e só voltava a noite, ela tinha o dia todo para ir a praia de Ponta Negra, onde há muito turista vindo principalmente da Europa, portanto a prostituição naquele pedaço é muito grande. Eu tenho 38 anos e minha esposa tem 18 aninhos, casamos no final do ano passado. Desde o inicio de nossa relação, quando ainda namorávamos, tínhamos uma vida sexual ativa, minha namorada já não era mais virgem, mas ela sempre queria com muito jeitinho, pois dizia que doía muito.

Sempre tive vontade de saber ou ver minha esposa metendo com outro homem, pois ela é bem bonita, branca, olhos verdinhos, cabelos loiros, sorriso lindo e um corpinho divino, que arranca suspiros e cantadas dos homens por onde passa. Já há algum tempo vinha falando com a minha esposa para que ela tentasse meter com outro homem, pois eu a queria um pouco mais folgada, mas ela sempre relutada. Quando estávamos na segunda semana em Natal, consegui convence-la de sair a noite e ir para a Ponta Negra, chegando lá ela disse que foi abordada por um turista mineiro, mas não rolou nada. Na segunda noite estávamos no quarto do hotel, quando tocamos no assunto e ela resolveu sair, mas me garantiu que não iria transar com ninguém, talvez somente uns beijinhos. Percebi que ela estava demorando, e tentei por varias vezes falar no celular, mais não consegui.

Ao chegar ao hotel minha esposa disse que tinha encontrado um carioca e que depois de cinco minutos de conversa foi para o hotel onde ele estava hospedado e meteu com ele. Ela disse que ele começou a beija-la e logo depois colocou o pau pra fora e pediu que ela o chupasse, ao que ela teve um baita susto ao ver o tamanho, que disse era enorme, ela caiu de boca e não demorou muito, para abrir as pernas e deixar o cara meter nela na posição de papai e mamãe. Pena que gozou em cinco minutos, pois a vadia queria muito mais. Senti-me traído, pois disse a minha esposa que se rolasse algo mais, me falasse e ela mesma disse que não estava a fim, e pagamos uma baita de uma briga e pensei até em separação e até dei um tapa em sua cara, mas depois de refeito disse a ela que se ela fez sem minha autorização, agora tinha de fazer de novo, eu vendo a pessoa.

Depois de muito chorar e relutar, ela acabou aceitando. No outro dia fomos para a noite, no mesmo lugar que ela tinha ficado antes, fique em uma mesa distante da minha esposa e não deu dez minutos para que um italiano chegasse até a mesa dela e começaram a conversar. Enviei uma mensagem no seu celular dizendo que queria que ela metesse com ele, em 15 minutos vi os dois levantarem e pegar um taxi. Minha esposa só foi chegar duas horas depois dizendo que fodeu de todas as formas com o Italiano, que tinha chupado o pau dele e que ainda não tinha lavado a xoxota e nem a boca, na mesma hora comecei a beija-la e depois chupei a sua buceta com o gosto do pau de outro homem. Percebi que ela ficou mais folgadinha e funda depois dessas duas aventuras.

Outros contos...

Comentários (0)

Somente assinantes podem deixar comentários!

Assine ou faça login para poder comentar.
21
Atrações
149
HQs
586
Vídeos
5099
Fotos
155
Atrizes
...