Filmes picantes para incrementar no Natal

28 de novembro de 2021 Dicas

Filmes de Natal estão por aí. Não só de festas religiosas vive o mês de dezembro, essa é uma época em que muitos já começam a descarregar o peso de todo um ano. E o momento em que já estamos pedindo férias ou o mínimo de descanso possível. Afinal, todos nós merecemos não é mesmo?!

Pensando nisso, resolvi fugir um pouco da tradição de filmes natalinos e fazer uma seleção de filmes um pouquinho ousada para mexer com o seu imaginário durante as comemorações de fim de ano.

Histórias que nossas babás não contavam 

Um clássico nacional da nossa querida pornochanchada brasileira. Além de apresentar a inesquecível Adele Fátima encarnando a princesa dos contos de fadas, traz o saudoso Costinha no papel do caçador. Com direção de Oswaldo de Oliveira e gravado em 1979.

Um copo de cólera 

Dirigidos por Aluizio Abranches, Alexandre Borges e Julia Lemmertz dão um show de interpretação neste longa que mistura poesia e erotismo de uma forma tão realista que seguramente em alguma cena o espectador se sentirá tão a vontade como os personagens (ou casal) de atores. Lançado em 1999.

Cem escovadas antes de dormir 

Um drama adolescente que se distancia da temática repetitiva dos filmes dedicados aos jovens. Melissa é uma garota com questões existenciais comuns a qualquer menina da sua idade. Porém, a maneira com a qual expressa seus dilemas é bem diferente. Produzido na Espanha e Itália a direção é de Luca Guadagnino.

Turk Fruit 

Pouco divulgado no Brasil, este filme holandês do ano de 1973 possui uma belíssima fotografia. Daquelas de querer paralisar as cenas pra contemplar os quadros. O protagonista é um típico misógino. Do tipo que tem a coragem de pedir a parceira pra não tirar a blusa na cama só pra não ter que olhar pros seios que ele não admira. Até que conhece uma moça pela qual realmente se apaixona e a história envereda por outro caminho.

Calígula 

Filme de 1979 com o excelente ator Malcolm McDowell, protagonista de Laranja mecânica desta vez no papel do imperador cruel e implacável que fez história ao nomear seu cavalo Incitatus senador romano e manter relações sexuais com sua irmã. O filme é de 1979 com direção de Tinto Brass.

A menina do lado 

Fecho minhas dicas com o brasileiríssimo “A menina do lado” onde podemos assistir a estreia da atriz Flavia Monteiro, até então uma adolescente contracenando com o experiente Reginaldo Faria. Os dois vivem um tórrido romance ainda tabu pra época. Como nos dias atuais também, ainda que por motivos distintos. Lançado em 1987 e dirigido por Alberto Savá.

Com essas sugestões de filmes por vezes ardente, por vezes polêmicos, espero que desfrutem o natal na melhor companhia. E não se esqueçam das nozes. Já para você que curte algo mais explícito, assine o site do Câmera Caseira e tenha acesso a conteúdos exclusivos.

Comentários (0)

Somente assinantes podem deixar comentários!

Assine ou faça login para poder comentar.
21
Atrações
149
HQs
586
Vídeos
5099
Fotos
155
Atrizes
...