Relacionamento Aberto

Ouça este conto erótico narrado:

Disponível apenas para assinantes! Assine Já

Eu e minha namorada abrimos o relacionamento e ela se encontrou com ex e com alguns amigos e nesse mesmo rolê, ela conheceu o Gabriel, que era amigo do ex. Esse cara ficou gamado na minha princesinha e pegou a pulseira dela com o pretexto de ter que encontrar ela pra devolver em um outro dia. Ela, 23 anos, 1,60 de altura, magra, branca, cabelos cacheados e ruivos, com sardinhas no rosto, seios médios que enchem a mão, e um bumbum normal. Uma princesinha, mas ao mesmo tempo uma safada, putinha com uma buceta carnuda e gulosa, quase insaciável. Ela tava na casa dela, de boas, era umas 9h da manhã, de repente ela recebe um whatsapp:
-Oi Bela, tudo bem? Aqui é o Gabs, da festinha na ZL, lembra? Peguei seu número com seu ex…”
-“Oi, Gabs, tudo ótimo, e você? Já sei, você ficou com minha pulseirinha né”.
-“Hahaha garota esperta, pois é, e aí quer tomar um café?”
-“Você não prefere um chá?”
-“Chá? ih não tenho… mas posso ir comprar”.
-“Eu levo pra vc, eu sei o que vc quer hahahahah”
-“Sabe é? hahaha como assim?”.
– “Hahahah seu safado, eu vi como vc ficou me devorando naquele dia…”
-“Pois é, me sacou, tô com vergonha… é que vc foi tão simpática comigo, queria uma desculpa pra te ver”.
-“Só ver ver?”
-“Você é mais esperta do que pensei hahahaha”.
-“Você tá livre agora?”-“Sim, quer vir aqui em casa?”

Ela pegou um Uber, mas desceu por enquanto na rua de trás, e começou a chover de leve, e ela se molhou até chegar no apartamento dele. Ao abrir a porta o Gabriel arregalou os olhos, pois ela estava de blusinha branca e como molhou, já sabe né, ficou um pouco transparente, ela estava de sutiã de renda que é fininho então o farol estava acesso também, sem contar que ela é gata com cabelo molhado. Os biquinhos ficaram mais acessíveis ainda quando a Bela começou a reparar no Gabriel, 25 anos, 1,75 de altura, moreno, tatuagem no braço; ele com uma camiseta leve, dava pra notar seu porte definido, e também parecia ter algum volume já na bermuda de futebol. Ela pensou: “Será que ele já estava batendo uma antes de eu chegar?” Ele cumprimentou ela com beijo no rosto, mas quase encostando a boca, pois uma mão na cintura dela também deu uma leve aproximada e ela assentiu de leve que ele já estava duro realmente.

Ele foi pegar uma toalha; ela secou o cabelo e quando baixou a toalha, ele estava mais perto dela, na frente, os dois se olharam, a química bateu, começam a se beijar, ele foi conduzindo ela pra um banqueta alta, ela sentou na banqueta e com as pernas abertas travou ele ali, ela pode sentir o volume duro encostar exatamente na região da sua bucetinha. Ele aproveitou, pegou na bunda dela e puxou ela mais pouco pra perto, pra ela sentir ainda mais o volume… A Bela começou a se esfregar, ele beijou o pescoço dela, chupou e ela delirou, então foi tirar a blusinha, sua pele estava úmida da chuva, o Gabriel foi beijar os peitos delas, afastou o sutiã e chegou no biquinho e salivou bastante ali no peito esquerdo, depois no direito.

Ela então tirou a camisa dele e viu o peitoral, os bíceps e barriga quase definida:
-“Caralho, que homem gostoso hein!”
Ele só deu um risada safada e voltou a beijar ela, roçando nela e segurando seus peitinhos. Ela aproveitou pra sentir mais o corpo dele também. Então ele foi descendo de novo, pelo pescoço, seios, barriga e foi tirando o shortinhos dela, a calcinha:
-Nossa, que bucetinha linda hein”.
Ficou de joelho, deu um beijinho e começou a chupar ela, que estava na banqueta alta, encostada na parede e com as pernas abertas apoiadas nas costas dele. A Bela ficou com muito tesão quando viu as costas malhadas dele: “Nossa!!! Vc é um tesão de Homem”.
Ele se levantou, abaixou a bermuda, voltou a beijar ela e começou a roçar só de cueca, ela peladinha, sentindo o volume duro dele e o beijo com gosto da buceta. Ele tirou a cueca, e quando ela viu o pau dele, a bucetinha fisgou, era uma um pouco menor que minha, cabeça pequena, mas o corpo era bem grosso, cheio de veias, quase não fecha a mão. Ele esfregou a cabecinha na buceta dela, ela ficou louca (mas com medo de transar sem camisinha). O Gabriel na empolgação tentou comer sem camisinha de novo, afinal, quem não ia querer meter a rola numa buceta encharcada assim? Filha da puta, dessa vez ele enfiou a cabecinha inteira, mas a Bela saiu da banqueta para evitar transar sem camisinha, e ela tava louca pra mamar ele também, então o Gabriel se encostou na banqueta e a Bela ficou de joelhos.

A Bela pegou na rola dele, a mão quase não fechava, segurou firme e foi chupando a cabecinha, sentiu um pouco do gosto da sua buceta na cabecinha. Babou bastante, chupou as bolas dele, ele quase gozou, mas se segurou, então ele pegou ela no colo e levou pra cama. Ela se achou uma princesa putinha sendo carregada por aquele homem forte e gostoso, ainda mais quando o Gabriel jogou ela na cama e foi por cima dela e ficou esfregando o pau grosso na bucetinha dela. Ela ficou louco com aquele pau quente roçando na buceta molhada dela. Ele pôs a camisinha, beijou o pescoço dela e foi encaixando… a rola era mais fina na cabeça e mais grossa no corpo, então entrou fácil, pois ia alargando aos poucos, mas ela disse que foi muito gostoso a sensação da buceta sendo aberta aos poucos. E que a buceta ficou preenchida, era quase uma sensação de dor, mas muito gostosa.

Ele começou metendo devagar e foi aumentando o ritmo, ela começou a gemer alto, então o Gabriel fechou a boca dela e meteu mais forte ainda. Ela tremeu as pernas e gozou. Ele ficou ofegante, parou um pouco, deixou a rola dentro dela, ela ainda se contorcendo um pouco. Então quando se recuperou, ele deitou e pediu pra ela sentar. A Bela pegou no pau dele e foi encaixando na buceta, e engoliu fácil. Ela disse que foi muito gostosa sentar numa rola mais grossa, mas como era menor, não deu pra cavalgar muito pois escapava. Então a Bela ficou rebolando bem devagar em cima dele, e se deliciando, tanto na rola, quanto olhando para aquele corpo gostoso.  Ele segurava nos peitinhos dela, e às vezes na bunda, então chegou um momento que disse:
-“Nossa, assim eu vou gozar… que rebolado gostoso”.
A Bela queria mais, então saiu de cima de cima dele e foi para lado, ficou de quatro, e falou:
-“Goza aqui… vem”.
Sem pensar duas vezes, o Gabriel foi pegar ela de quatro, deu umas batidinhas com a rola no cuzinho dela, ela gemeu mas disse:
-“Aí não, quero sua rola na minha buceta”.
Então ele desceu pra encaixar na bucetinha dela, ela aproveitou e foi engolindo rebolando, e quando entrou tudo, ela gemeu, então ele começou a bombar, deu uns tapas na bunda:
-Sua vagabunda! Gostosa! Ah, buceta gostosa… caralho, eu vou gozar… ahh”

Ele deu uma última bombada bem forte e gozou, ela sentiu o pau dele pulsando dentro da buceta, ele caiu por cima dela, abraçando, ainda com pau dentro, e nesse movimento ela teve que deixar, sentindo aquele macho por cima dela e com o pau pulsando, ela não aguentou e gozou de novo! Filha da puta essa minha princesinha! Deu pro amigo do ex, e ainda me falou que não queria saber mais do ex, só do Gabs agora, pq a rola dele era mais gostosa, e ficou com vontade ver ele de novo pra chupar até ele gozar na boca dela. Eu fiquei louco quando ela me contou isso sentando no meu pau. Gozei rápido com ela me chupando!

Outros contos...

Comentários (0)

Somente assinantes podem deixar comentários!

Assine ou faça login para poder comentar.
21
Atrações
149
HQs
599
Vídeos
5085
Fotos
153
Atrizes
...